Dom Dario Viganò, Prefeito da Secretaria de Comunicação da Santa Sé, entrevistado pela Rádio Vaticano, explica aos ouvintes o significado do #OrdinaryHeroes, expressão da cultura pop de hoje. O Papa é retratado como um super-herói, mas tem os traços da humanidade, de pessoa e, como tal, reconhecido como muito mais parecido connosco do que se possa imaginar. No contexto de um mundo em que todos estão irritados, cinzento, frenéticos, aquilo que o fiz sorrir e mostrar um pouco de bondade é um antídoto para a cultura do impulso e das reivindicações com que estamos habituados a viver e que nos tem tornados cegos e indiferentes para com aqueles que são mais fracos e são marginalizados pela sociedade.

Parte da receita da venda das t-shirts irão para as Obras de Misericórdia do Óbolo de São Pedro. Para os detratores que afirmam que o ópera Superpope profanou a figura do Papa Francisco, Dario Viganò, responde lembrando a todos que o primeiro a profanar a figura do Pontífice é o próprio Papa Francisco, apresentando-se como um pastor, um guia que precisa do seu povo . É a característica de proximidade que o caracteriza e está retratada e incorporada na figura do Superpope.

Ouça a entrevista completa na Rádio Vaticano